quarta-feira, 18 de outubro de 2006

São tres quilos de paciência, faz favor...

Há dias em que a paciência não chega para as encomendas...hoje é um desses dias! As pessoas por vezes não se apercebem do carinho, da dedicação, da atenção que lhes prestamos, e quando alguma coisa corre mal somos a primeira pessoa que procuram para aliviar a raiva, tratam mal, magoam, abrem feridas já quase saradas, e ainda não contentes com isso fazem ameças! E agora eu pergunto: porque é que depois de tudo isto repetidas inúmeras vezes, as continuamos a tratar com carinho, a preocuparmo-nos com elas, a fazer-lhes as vontades... Seremos estúpidos, amigos dedicados, masoquistas ou nenhuma destas opções?

Preciso de respostas...até que a minha paciência se esgote!

1 comentário:

RedDevil disse...

Eis uma boa questão! Apesar de nos tratarem mal, magoarem-nos profundamente, fazerem de conta que não existimos e sermos normalmente sempre o cepo das marradas, continuamos ali sempre firmes com todo o nosso amor e carinho por essa pessoa. Tentando mesmo arranjar desculpas para tais actos de tal pessoa.
Eu diria que somos um bocadinho de tudo isso...estúpidos por permitirmos que nos magoem de tal forma, masoquistas por continuarmos a sorrir à dor e à sua fonte e estarmos sempre dispostos a sofrer mais, mas sem dúvida amigos dedicados...por vezes até demais...pena essas pessoas não saberem sempre dar o valor devido.

Mas ainda bem que há pessoas como eu e tu, que suportam este tipo de tratamento e ainda sorriem quando na realidade querem é chorar! Este planeta seria um desastre cósmico sem nós, já viste? :)