domingo, 20 de janeiro de 2008

Segue a luz...


E às vezes há coisas tão pequeninas, mas tão pequeninas e invisíveis que fazem nascer dentro de nós uma nova alma, um sorriso mais sincero, novos objectivos...

1 comentário:

Nishin disse...

E tudo nasce pequeno e cresce com o tempo para se tornar em algo maior...