domingo, 1 de março de 2009

Vicky Cristina Barcelona

Ainda não me recompus do choque deste filme! Porque é que crio sempre tanta expectativa quando vou ver um filme do Woody Allen?
Como não sei avaliar um filme pela sua qualidade "hollywoodesca", avalio-o nos pontos que a mim fazem sentido, performance de actores, história, paisagens, relação das cenas, enfim...entre outros.
Deste tenho a dizer que a história resume-se a nada: duas amigas americanas passam um Verão em Barcelona, acontecem coisas e voltam aos EUA com uma situação exactamente igual à que tinham quando foram de férias. Resumindo, esta viagem não acrescentou valor à vida de nenhuma delas pois se não tivessem feito a viagem, a vida teria decorrido precisamente como decorreu. Quando à Penélope nomeada para um óscar de melhor actriz secundária...não consigo perceber! Lá por que faz o papel de uma artista completamente doida, não quer dizer que tenha feito um grande papel...quem a viu em Volver e a vê agora, bem, nem se compara!
O que vale a pena neste filme são as imagens de Barcelona, a Sagrada Família (a obra inacabada de Gaudi), a Pedreda (a última obra civil de Gaudi), o Parc Guell, a Galeria de Juan Miró. Depois de ver este filme a única coisa que me ocorreu foi "um dia hei-de voltar a Barcelona, mas desta vez com mais tempo..."

7 comentários:

HannaH Sophia disse...

aconteceu-me o mesmo com o Estranho Caso de Benjamin Button...

Não que fosse mau!! de modo algum!! Mas criei tanta mas tnta expectativa, que saí desiludida:S

enfim...

Ch!co disse...

Mas porquê o choque? Por não ser o típico conto de fadas? Mesmo assim acho que não deixa de ser um bom filme. E o final (tudo acabar igual) não deixa de ter a sua graça, é um final perfeitamente real, frio e verídico, que nada de conto de fadas. Aliás, surpreendeu-me o final, pq não estava mesmo nada à espera que fosse assim.
De outro ponto de vista e como alguém já disse, o filme resume-se a uma fantasia sexual do Woody Allen :D, daí a sua simplicidade.
Quanto ao óscar (não foi só nomeada, ganhou-o), a penelope desempenhou um bom papel, mas nao tenho o termo de comparacao dos outros filmes...
E também me ocorreu o mesmo pensamento no fim: "tenho mesmo de voltar a Barcelona!" :D

Kelle disse...

Não foi por não ser um típico conto de fadas, há muito que esses filmes deixaram de me fazer as delícias! É só mesmo porque esperava algo completamente diferente... A desilusão é isso mesmo: uma espectativa demasiado alta! Se não me tivessem falado tão bem deste filme, se não tivesse nomeações para óscares provavelmente até ia gostar...é tudo uma questão de comparação! Já agora, Ch!co, tens de ver o Volver do pedro Almodovar, provavelmente o melhor filme que a Penélope fez!

Mary disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mary disse...

A única coisa que cativou-me no filme foi o lado cultural do mesmo, ou seja, a forma como Woody conseguiu enquadrar Barcelona e seus pontos atractivos no enredo. Mas eu, ao contrário de ti, não vou ver um filme do Woody Allen com grande expectativas, aliás eu e o homem temos algo que nos afasta: eu detesto a Scarlett e ele adora-a. O Óscar da Penélope é questionável, não estava nada a contar que ganhasse.

Kelle disse...

Como o Woody Allen é um grande nome da indústria cinematográfica, acabo por criar mais espectativa do que devia...não aprendo...

Rato disse...

Este filme é completamente banal... passou-me totalmente ao lado. Woody Allen é mesmo um nome a riscar do mapa, ainda não vi um único filme dele que gostasse. :)

Acho-o mau actor e mau realizador! :D Woody, desculpa lá páh, mas dedica-te à pesca ou assim. :)