quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Spots de rádio que me tiram do sério

Todas as manhãs, no caminho para o trabalho, ouço a rádio do costume. E de onde vem parte das receitas das rádios? Da publicidade. Há alguns anúncios de rádio que me tiram do sério, por várias razões:
  • não transmitem confiança nenhuma, soam a falso;
  • as pessoas que os fazem não têm jeito nenhum para aquilo;
  • ficam na cabeça por serem tão irritantes;
  • não acrescentam valor à marca;
  • quando vemos os produtos na prateleira do supermercado ficamos com o anúncio em loop na cabeça e a última coisa que queremos é comprá-los;
  • se estivermos a ouvir rádio durante 2h, é possível ouvir o mesmo anúncio 3 vezes;
Estive quase a colocar aqui dois que me ferem os neurónios cada vez que os ouço, mas ainda sou acusada de difamação pelas marcas, então vou ficar quieta.

4 comentários:

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá, deverias colocar aqui alguns exemplos!Eu também ouço a rádio de manhã, a caminho do trabalho. Conheces o anúncio do Vivavit (penso que é assim que se escreve)?É um dos meus preferidos em termos de naturalidade e originalidade :-)
Beijinhos!

Kelle disse...

Sofia, Pedro e Ana, esse por acaso não conheço! Habitualmente ouço a Comercial, a minha rádio de eleição, e passam lá dois dos anúncios que mais me chateia: Fiambre da Perna Nobre Extra e o do ACP - Automóvel Cluve de Portugal que faz referência ao médico que vai a casa por 10 euros...já não tenho paciência para o ouvir...

Luis Monteiro disse...

Tens de comprar esta t-shirt: http://1.bp.blogspot.com/_yixcJgd6lls/Stb_3Yw7xCI/AAAAAAAAALU/4jhCKEsowSs/s400/EU+SOBREVIVI+AO+AN%C3%9ANCIO+DO+PINGO+DOCE.gif

Kelle disse...

Luis Monteiro, esse anúncio não me fez assim tanta comichão :D