quinta-feira, 29 de julho de 2010

Inception

Mesmo antes de a minha vida social se ter tornado em nada (isto é, antes de começar o MBA), já não ia ao cinema há meses. Ontem meti na cabeça que tinha de ir ao cinema ver o filme que anda na boca do mundo.
Relativamente ao filme, acheio-o simplesmente brutal. A história é incrível e faz-nos pensar se esta é ou não a nossa realidade. Estaremos a sonhar? Leonardo Dicaprio faz um grande papel, está excelente naquela personagem. Ellen Page faz uma boa interpretação também, mas nada de surpreendente. Aconselho vivamente este filme, são pouco mais de duas horas muito bem passadas e com os olhos presos no ecrã.

Dom Cobb é um talentoso ladrão, o melhor na arte da extracção: ele rouba segredos e ideias às pessoas directamente das profundezas das suas mentes, durante os sonhos – estado em que a nossa mente está mais vulnerável. A rara habilidade de Cobb fez dele uma das pessoas mais influentes neste novo mundo de espionagem empresarial, mas também fez dele um fugitivo internacional e custou-lhe tudo o que já amara. Mas agora foi-lhe oferecida uma oportunidade para se redimir. Um último trabalho pode devolver-lhe a sua antiga vida. Em vez do assalto perfeito, Cobb e a sua equipa de especialistas têm exactamente de fazer o inverso: instalar uma ideia na mente de alguém. Se tiverem sucesso, poderá ser o crime perfeito. Mas todo o cuidado é pouco, pois têm um perigoso inimigo cada vez mais perto, que só Cobb poderia ter visto aproximar-se.


Fonte: cinema.sapo.pt

2 comentários:

S* disse...

É hoje, acho que vou hoje.

Caia disse...

Gostei muito e afinal o totem dele não era o que se pensava... ah, pois é! lol