sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Uma escolha difícil




De um lado o lugar onde cresci, do outro um lugar pelo qual me apaixonei.
De um lado amigos, colegas e conhecidos em cada esquina, do outro pessoas novas para descobrir.
De um lado o mar incerto, o tempo esquisito e até algum vento, do outro um mar mais tranquilo, sol e calor.
De um lado o coração apertado por ver o barco nas águas agitadas, do outro ver chegar pequenas embarcações no mar tranquilo.
De um lado sentir-me em casa, do outro a descoberta.
De um lado uma casa de herança, do outro o desejo de ter uma casa minha lá.
É-me difícil, por natureza, fazer escolhas. Assim não escolho, vou para os dois sítios.


Fonte: aqui e aqui

3 comentários:

Teclas cor de Menta disse...

E que bom só teres boas escolhas para fazer!

Kelle disse...

Teclas cor de Menta, ainda bem que não tenho de decidir :D

Rato disse...

Não ter que decidir foi bom! Gostei tanto de repetir a Tocha como PCôvo! Um dia destes há mais! ;) ***