terça-feira, 28 de dezembro de 2010

She's out of my league


Kirk, um rapaz normal, magricela e com a auto-estima perto de 0, com um futuro pouco promissor como segurança no aeroporto vê a sua vida mudar quando conhece Molly, uma rapariga linda e cheia de sucesso profissional.
Ainda que não seja uma comédia romântica deslumbrante, o filme atinge o objectivo que é mostrar que as diferenças sociais e a beleza não têm de interferir nas relações das pessoas. Tem bons momentos de riso e aos poucos vai conseguindo passar a mensagem. É o chamado filme de domingo à tarde.

Kirk, um tipo vulgar, mal consegue acreditar na sua sorte. Preso a um emprego monótono e sem futuro como segurança no aeroporto, e contra todas as probabilidades, Molly, uma bem sucedida e extraordinariamente bonita miúda, apaixona-se por ele. Kirk fica estupefacto. Bem como os seus amigos, a sua família e até mesmo a sua ex-namorada. Agora ele tem de descobrir uma forma de fazer a sua relação funcionar, mesmo que ele próprio seja o primeiro a admitir que ela é, mesmo, demais para ele...
Fonte: cinema.sapo.pt
She's out of my league no IMDB.

3 comentários:

P@Life disse...

Tentei vê-lo no outro dia e nem aguentei até meio. Talvez com outros actores... Nem chega a ser filme de domingo à tarde.

Kelle disse...

P@Life, não é dos melhores não, mas eu não adormeci, o que já quer dizer qualquer coisa :)

P@Life disse...

Que bebeste muito café? ;)

Se tivesse sido feito na década de 90, com o Freddie Prinze Jr., era capaz de ser melhor. Ligeiramente...